Casadinhos

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Roteiro completo da cerimônia do nosso casório

Nossa!!! como o tempo passou rápido, eu e Allan vamos fazer 4 meses de casados (ainda estamos morando em casas separadas devido a construtora não ter cumprido o prazo de entrega do nosso apê)e fazem qs 2 que eu n postava nada por aqui, mas então decidi fazer esse post pra ajudar 2 noivinhas amigas minhas que estão montando suas  cerimônias de casamento e devo fazer isso tb com os demais arquivos que tenho no note. Aí quem quiser faz download e monta como achar melhor.
Lembro que quando eu tava montando a nossa cerimônia eu pesquisei muitooooo e achei pouquíssima coisa e o pouco que achei me deu uma noção bem legal, inclusive da cerimônia das velas que fez parte dos momentos do nosso casório. 
Os presente elogiaram muito, foi realmente uma cerimônia que n se prendia a nenhum credo, celebramos nosso amor usando nossa própria história. 
Escolhemos o Caio que é um amigo pessoal há mais de 15 anos e ele realmente fez esse momento ficar mais especil com um breve "sermão" que improvisou.
Um momento perfeito, então quem quiser compartilhar, fazer download fiquem a vontade.


Bjs

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Escolha das músicas para a cerimônia do nosso casório



A música está presente em nossas vidas em praticamente tudo, em todas as fases e acontecimentos. Você nasce e alguma música te embala aos quatro ventos, no seio materno, para lhe fazer dormir, sem ao menos você ter noção disso...na infância com as cantigas de roda, na festa de formatura, no casamento e, ultimamente, até no velório, onde em pesquisas recentes as mais escolhidas a nível mundial são “My way” na voz de Frank Sinatra e pra turma do Rock, “Back in Black”, do AC/DC. Você não tem como se abster de ouvir essa ou aquela música, boa ou ruim, onde estiver, e ainda tem “aquela” música que faz te lembrar “aquela” época, seja boa ou ruim, ou aquele momento, seja feliz ou triste. Pare e pense, você sempre passou por algo assim, e a música estava lá, no chuveiro ou para os males espantar. Somos em parte emocionalmente movidos a ela, é como se nosso cérebro involuntariamente a necessitasse. Tecnicamente, vejo a água para o cérebro como um combustível, e a música é então como se fosse a personificação do oxigênio, já que as notas se propagam até nossos ouvidos pelo ar.
Em alguns casos, momentos marcantes somados à música precisam ser extrapolados. Tomemos como exemplo os casamentos. Eu e Dany, minha esposa, percebemos que tão difícil quanto a escolha dos convidados seria montar o roteiro musical – e olha que eu ainda consegui escapar do quadro “dança dos famosos” após a cerimônia, ou seja, a nossa dança (morri várias vezes depois em pensamento por isso), onde também teria que ser escolhida alguma música. 
Leia-se: somos fãs de rock’n’roll e heavy metal. Então, após várias pesquisas, inclusive discutindo o setlist com amigos próximos, o pessoal da orquestra, da banda, ouvindo podcasts e entrevistas (qualquer coincidência com o Wikimetal é mera semelhança) e outros, montamos o seguinte roteiro:

-        Entrada dos padrinhos: All my Life (Led Zeppelin);
-        Entrada dos pais: In my life (Beatles);
-        Minha entrada (noivo): Ecstasy of gold (E. Morricone);
-        Daminhas: Aquarela (Toquinho);
-        Entrada da noiva: clarinada + Fear of the dark (Iron Maiden);
-        Entrada das alianças: The rose (Janes Joplin);
-        Troca das alianças: In dreams (trilha sonora do filme Lord of the Rings, instrumental);
-        Ritual das velas: Jesus alegria dos Homens (Bach, instrumental);
-        O Beijo: sem música, todos os olhos e ouvidos se concentram nesse momento!!!;
-       Assinatura e saída dos padrinhos:I wish you here (Pink Floyd), Through Her Eyes (Dream Theater), Celestial Dream (Stratovarius) e Rainbow in the dark (Dio);
-       Saída dos noivos: Forever (Kiss);
-        



Ufa! Pareceu fácil, agora que ficou tudo listado e executado em nosso grande dia, porém foi cansativo, sim. E em cada detalhe, em cada gesto feito pelos presentes, tinha uma música de fundo, agraciando esse grande episódio.
Portanto, esperamos que estas considerações sirvam de inspiração para os futuros noivos, e que forcem aos casados reavivar, reviver e lembrar esse grande momento. E não somente os casados, mas a todos que cantaram ou ouviram aquela música especial no maior acontecimento de suas vidas, seja o nascimento do filho, a música do primeiro beijo, a chegada, a despedida, a grande festa...enfim, o que foi mesmo que tocou naquele seu dia tão especial?

OBS: No nosso casamento - algo que marcou mesmo, em termos de música, e música pesada, foi quase ao final, quando a banda “Mão de Fogo”, formada na hora por alguns convidados, entrou em ação. Confiram no link: 




Ouça boa música sempre. Abraços.
Allan Lima

domingo, 16 de setembro de 2012

Nós no site "uma linda promessa"

E a promessa se cumpriu: Danyelle e Allan

É com prazer que retorno aos trabalhos do blog com mais uma linda história de amor  e um casamento real e apaixonante!!! A Dany ficou tão ansiosa e empolgada para mostrar seu casamento a todas vocês que acompanham o blog que preferiu não esperar as fotos oficiais e me enviou as fotos tiradas por seus convidados...Como tudo aconteceu neste momento mágico ela mesmo vai contar!
Obrigada Danyelle por acompanhar o blog e querer dividir com a gente sua história e seu lindo casamento!
"Eu e Allan nos conhecemos em um momento em que não queríamos ser de ninguém. Um dia, mais precisamente no dia 26.11.09 acordei com um telefonema da minha amiga de infância Audrey, dizendo: “ Dany acorda, eu conheci um cara que é perfeito pra você!” Daí eu balbuciei algo meio desconexo e retruquei que tudo que eu queria era dormir e que n estava interessada em conhecer ninguém, daí ela retrucou: “Amiga, vai que ele é teu futuro marido, vocês tem tudo haver um com o outro”. Daí eu não liguei e ela disse que no outro dia ela me falaria mais dele e foi justamente isso que aconteceu, mas ela não falou dele só no dia seguinte, ela falou dele todos os dias que se seguiram, até que no dia 04.12.10 ela me deu um drible e armou um encontro às cegas com o Allan e eu não sabia de nada!
O pedido foi outra surpresa muito boa. Aconteceu enquanto estávamos em uma viagem  para Curitiba e foi um momento repleto de romantismo e emoção, quando entrei na suíte nupcial do hotel e me deparei com um quarto todo decorado com pétalas de lores em forma de coração sobre a cama e a caixa da aliança no centro, fiquei sem palavras!
O resultado desse momento é um relacionamento maravilhoso, cheio de afinidades, respeito e amor e é esse amor que motivou tantas pessoas, mas precisamente 200 pessoas, a estarem presentes nesse dia maravilhoso, nesse momento planejado por um ano e que resultou em uma cerimônia linda e emocionante e em uma festa divertida!
O evento foi realizado no Premier Buffet em Manaus/AM, e resolvemos por uma questão de comodidade realizar a cerimônia e a festa no mesmo local. A cerimônia foi realizada no primeiro salão, onde foi armada uma tenda e cadeiras dispostas em forma de nave, decorada com flores do campo brancas, tapete verde e tecidos brancos e fluidos, iluminação reservada e com a sonoridade da Orquestra Melody, especializada em casamentos. A cerimônia foi marcada para as 20h do dia 01/09/12 e começou no horário previsto.
Nós optamos por um momento que celebrasse o amor e não uma religião específica. Não quisemos nos ater a um credo, até por que achamos que espiritualidade é algo bastante individual. A cerimônia foi iniciada com as entradas dos pais e padrinhos e em seguida com a entrada do Allan, essa parte da cerimônia foi toda regada a Led, Beatles e Metallica. Em seguida entraram as daminhas. Minha filha Lindsen soprou bolinhas de sabão, seguidas das sobrinhas do Allan, que entraram com a sapinha e o sapinho. Elas entraram ao som de aquarela.
Em seguida uma clarinada me anunciou seguida de Fear of the dark, nunca vi tantos flashes na minha direção e foi realmente muito emocionante ver o homem que logo seria meu esposo, ali, me aguardando no altar, juntamente com nossas mães, meu tio, meu cunhado e o Caio, meu amigo de longa data e que celebrou essa linda cerimônia.
O Caio iniciou a cerimônia falando a tds sobre o casamento e enfatizando o quão sério é a decisão de duas pessoas em casarem-se, falou um pouco da história de nós dois e das dificuldades dessa história e em seguida pediu para que confirmássemos o nosso desejo mútuo de estarmos ali, juntos naquela decisão. Esse momento foi seguido de uma leitura baseada na epístola de Coríntios sobre o amor, a mesma foi feita por Claudio, meu irmão e Jullyana, minha cunhada e foi um momento realmente lindo!
Caio proferiu um breve discurso sobre a individualidade de cada um e a necessidade de se respeitar esse espaço quando um de nós assim precisar e isso foi maravilhoso visto que sabemos que por maior que seja o amor de nós dois é sempre preciso olhar pra dentro, afinal seguiremos o mesmo caminho, mas ainda somos 2 pessoas. Proferimos nossos votos e essa foi sem dúvida a parte mais emocionante de toda cerimônia, eu me vi engasgada ao ouvir as lindas palavras do Allan e quase não consegui proferir as palavras que rascunhei pra ele. Quando dei por mim todos ao redor choravam e partilhavam da nossa alegria! 
Então meu primo Gustavo  entrou com o carrinho com as alianças ao som de The rose, de Janis Joplin e trocamos as mesmas ao som de In Dreams, um dos temas da trilogia “O Senhor dos Anéis”, nosso filme preferido.  Beijamos nossas alianças e iniciamos o ritual das velas, no qual primeiramente nossas mães acenderam as velas que representavam nossa individualidade e em seguida nos entregavam  para que nós juntos acendêssemos a vela maior que simboliza que a partir daquele momento seguiríamos um só caminho. Ao fim selamos a promessa com um beijo lindo, que foi repetido a pedidos!!!
Saímos do salão com os convidados soprando bolinhas de sabão e padrinhos e madrinhas, enfileirados fazendo o mesmo, momento único e inesquecível. Entramos no carro e fomos tirar as fotos externas. Retornamos ao salão as 22:00 com uma leitura da Cerimonialista Elicelma Travassos e entramos ao som de I don´t stop loving you ,do Van Halen e brindamos com cerveja, mas precisamente a Baden Baden que nos remete a nossa primeira viagem juntos a Campos do Jordão no fim de 2010 e cortamos o bolo ao som de Piece of my heart de Janis Joplin, minha cantora favorita. Após esse momento agradecemos a presença de todos e a Audrey por ter nos colocado um na vida do outro ;)
Abrimos o jantar, tiramos fotos com os convidados e durante o jantar  assistimos a retrospectiva animada que produzi, e este  foi um momento hilário, repleto de risos, gargalhadas e gritinhos após os convidados se reconhecerem em fotos ou em animações.
Após o jantar abrimos a pista de dança para dar início ao baile, escolhemos a música Lusis, do compositor local Cileno, para fazermos nossa primeira dança, uma música romântica, singela e que é a cara do nosso início de namoro, a partir daí foram momentos de muita diversão, todo repertório escolhido variava entre o rock nacional e internacional, incluindo clássicos e baladas, uma animação pura! Após algumas músicas Allan jogou uma caixa de whisky para os solteiros, que se empurravam pra pegar a tal caixa, por quê segundo o Allan a mesma garantia 8 anos de solteirice rsrsrsrs. Depois de mais algumas músicas chegou a minha vez de jogar o bouquet, porém joguei os sapinhos agarradinhos para a mulherada,toda  equipada de véu e demais adereços de pista, que se esticaram todas pra pegar os sapinhos, com direito a puxa-puxa e guerra no final. Até que a disputa chegou a fim. No fim a festa durou até às 4 horas da madrugada e nos rendeu fotos incríveis e momentos memoráveis ao lado das pessoas que amamos!"
 

A cerimônia do nosso casório


Hoje Vou começar a postar os detalhes do casório, pra falar a verdade, temos bastante coisa pra falar então vou começar pelo início: a cerimônia.
Eu já havia comentado que eu e Allan optamos por algo que celebrasse o amor e não uma religião específica, não gostaríamos de nos ater a um credo, até pq achamos que espiritualidade é algo bastante individual.
Pois bem, iniciamos com as entradas dos pais e padrinhos e em seguida com a entrada do Allan, que estava visivelmente nervoso (pelo menos foi o que tds me disseram! e o que dá pra perceber nas fotos ;)  essa parte da cerimônia foi toda regada a Led, Beatles e Metallica, mas esse assunto é de outro post. Em seguida entrou o cortejo de daminhas, que era encabeçado pela Lindsen que ao invés de rosas soprou bolinhas de sabão, seguidas da Uri e a Samara que nos trouxeram representados em forma de sapinhos. Elas entraram ao som de aquarela. 
Marie e Eraldo

Gilmar Filho e Audrey

Charles e Fernanda

Claudio e Juliana
Armando e Larissa
Aldo e Roseneide (Irmão do noivo e mãe da noiva)
Allan e sua Mãe
Samara
Uriele
Lindsen

Eu e meu tio Dilson
 Em seguida ei que eu entrei anunciada por uma clarinada e Fear of the dark, nunca vi tantos flashes na minha direção, foi realmente muito emocionante ver o homem que logo seria meu esposo, ali, me aguardando no altar. Juntamente com nossas mães, meu tio, meu cunhado e o Caio que celebrou essa linda cerimônia.
O Caio iniciou a cerimônia falando a tds sobre o casamento e enfatizando o quão sério é a decisão de duas pessoas em casarem-se, falou um pouco da história de nós dois e das peculiaridades e dificuldades dessa história em seguida pediu para que confirmássemos o nosso desejo mútuo de estarmos ali, juntos naquela decisão.
Esse momento foi seguido de uma leitura baseada na epístola de Coríntios sobre o amor, a mesma foi feita por Claudio, meu irmão e Jullyana, minha cunhada e foi um momento realmente lindo!
Caio proferiu um breve discurso sobre a individualidade de cada um e a necessidade de se respeitar esse espaço quando um de nós assim precisar e isso foi maravilhoso visto que sabemos que por maior que seja o amor de nós dois é sempre preciso olhar pra dentro, afinal seguiremos o mesmo caminho, mas ainda somos 2 pessoas.
Proferimos nossos votos e essa foi sem dúvida a parte mais emocionante de todo a cerimônia, eu me vi engasgada ao ouvir as lindas palavras do Allan e quase não consegui proferir as palavras que rascunhei pra ele. Quando dei por mim todos ao redor choravam e partilhavam da nossa alegria!
O Gustavo entrou com o carrinho com as alianças e trocamos as mesmas ao som de In Dreams, um dos temas da trilogia “O Senhor dos Anéis”.  Beijamos nossas alianças e iniciamos o ritual das velas, no qual primeiramente nossas mães acenderam nossas velas individuais e em seguida nos entregavam e nós juntos acendemos a vela maior que simboliza que a partir daquele momento éramos um só.
Ao fim selamos a promessa com um beijo lindo, que foi repetido a pedidos!!!
Após as assinaturas saímos ao som de Forever, do Kiss, com os convidados disparando uma imensidão de bolinhas de sabão em nossa direção e ao descer as escadas nossos padrinhos estavam nos aguardando enfileirados abaixo também com as bolinhas de sabão.
Saímos pra tirar as fotos externas no Teatro Amazonas  e Largo São Sebastião e retornamos ao salão, mas essa é outra história! ;)

sábado, 25 de agosto de 2012

1 semana

O quê???? 
Falta só uma semana???
Eu custei a acreditar que esse tempo passou e já já estaremos casados....
Hoje fomos ver o AP, acho que já disse que a obra atrasou e devemos morar por lá só no fim do ano ou até quem sabe no próximo ano, mas tá td bem.... essa é a constatação de que apesar de nos progamarmos, o que cabe aos outros fazerem não depende de nós. 
Sexta-feira é o casório civil e posso dizer que está tudo ok, nosso check list está ZERADO.... sem pendências.
A última providencia que faltava era os adereços da pista e as tiaras de veuzinho que a mami tá fazendo, mas ontem providenciamos os adereços e poppers para "soltarmos" na nossa entrada.


No nosso vai chover corações e até um bouquet.
 Então sendo assim está td certo.... vamos ver como a semana prossegue.

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Despedida de solteira


Oi gente, tá chegando o dia. Ainda estou calma e apenas esperando nosso momento.
Minha casa está como um depósito: são lembranças, lágrimas de alegria, kits toaletes, adereços de festa, lembranças de padrinhos, adereços pra pista de dança,  caixas para bem casados, os presentes do chá bar e  tantas coisitas mais que aff.... Já entro lá de olhos fechados, rsrsrsrs
Mas o post de hoje é sobre um momento organizado justamente pra tirar a tensão dessas pequenas coisas: a despedida de solteira!
Minhas amigas fizeram um grupo fechado no facebook pra organizarem o tal evento, detalhe: eu não era membro do grupo, o que me deixou com muitoooooo receio sobre o que elas estavam tramando, porém no final deu tudo mais do que certo.
O local escolhido foi o Casa Bar, o bar da devassa, no Vieiralves, o local e as reservas foram sugeridos pelo Alison pontes, Líder da Official 80, a banda que vai tocar no casório e de quebra ele levou o Eraldo Bandeira , que é um show man no que diz respeito a animação, ele fez provas, me fez pagar mico cantando: Ela foi dá mamãe, eu fui dá mamãe, fui dar um serão extra, trabalhou com o patrão....  além de “ só faço com vc, só quero com vc, só gosto com vc: adivinha o quê? “ rsrsrsrs
Fez ainda uma brincadeira de estátua  na qual a Nat e a Carla não deram brecha pra ninguém... e  ganharam um sex on the beach e haja mistura.... rsrsrsrs
Ganhamos rodadas de sagatiba e uma rodada de chopp e matamos alguns baldes de Devassa e algumas caipirinhas... ficamos por lá até umas 2 e meia da madrugada e de lá fugimos pro porão, e a macharada não dava trégua, afinal só tinha mulherão no grupo rsrsrsrs.
Saímos do porão quase 5 horas e de lá ainda fomos encontrar o noivo no Motorock, na Avenida das Torres, resumindo: chegamos em casa as 6 e meia da manhã..... e o dia das solteiras e da ainda solteira foi um sucesso!!!
Confiram ai as fotos do "evento" kkkkk

A anfitriã da noite
Glaucia, Hydja e Fernanda
Andria, Juh e Mary
Nat e Carla ganharam a brincadeira da estátua
e ganharam um Sex on the beach
Eraldo Animando a noite


Lari, Deni, Nat e Carla: Animadassssss
Rodada de chopp de cortesia
Toda a turma reunida

Um brinde pela amizade e pelo casório
Nosso balde adorado
As loiras e as caipirinhas
Amo essas meninas ;)
rodada de sagatiba

lembranças da noite: haja pimenta

E como só as fortes sobrevivem: fim de noite no porão!!!!
 Noite Maravilhosa com direito a ressaca astronômica no dia seguinte, mas com um gostinho de quero mais!!! Obrigada amigas, quero só saber quem vai ser a próxima que vai casar pra gente organizar outra dessa rrssrsr.