Casadinhos

domingo, 28 de dezembro de 2008

Reveillon!!!

É, o natal foi bom, mais q bom, foi ótimo...

apesar de alguns pormenores o principal estava lá....

agora, o reveillon n sei n.... td indica que n vou fazer nada...

talvez comer sopa instantânea na frente da TV, como a Carrie de Sex and the city.... rsrsrsrsrs

sei lá... se for n tem problema, o q importa é estar bem com vc mesma e isso eu estou demais!

tenho mil motivos pra comemorar 2008....

na pior das hipóteses abro uma champagne p mim...

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Então é Natal....

Me preparando p passar mais um Natal em Família.... muito bom, a gente n se vê muito durante o ano e vivemos esse momento que é de fato muito especial...


Lembro que eu nunca gostei muito da data, ficava geralmente melancólica nesse período... mas com o passar do tempo passei a ver o Natal como um momento de renovação e principalmente, um momento p estar bem com todos..... É, vivendo, aprendendo um pouquinho e mudando de opinião, sempre rsrsrsrs


Ser humano é assim mesmo... fonte inesgotável de aspirações e mudanças, além de outras mil coisas :)

domingo, 14 de dezembro de 2008

Borboletas...

Dia bom...
acordei muito tarde pq cheguei as 3 da madrugada...farrinha com amigas... isso n tem preço!

vou postar uma poesia q n sai da minha cabeça desde ontem e q claro, combina muito com meu momento atual...

O Jardim das Borboletas - Mário Quintana



Com o tempo você vai percebendo que
para ser feliz com outra pessoa,
você precisa em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquela pessoa que você ama
ou acha que ama, e que não quer nada com você,
definitivamente, não é a pessoa da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e,
principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas...
é cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar,
não quem você estava procurando,
mas quem estava procurando por você..!


Feliz Domingo a tds...

domingo, 7 de dezembro de 2008

A Mulher de 30 Anos/ Honoré de Balzac

Encontrei o texto que buscava... sobre as mulheres de 30..


esse é p ser lido, impresso e guardado p ser lido sempre!


Tome a mesma moça aos 20 e aos 30 anos. No segundo momento ela será umas sete ou oito vezes mais interessante, sedutora e irresistível do que no primeiro.


Ela perde o frescor juvenil, é verdade. Mas também o ar inseguro de quem ainda não sabe direito o que quer da vida, de si mesma e de um homem. Não sustenta mais aquele ar ingênuo, uma característica sexy da mulher de 20. Só que isso é compensado por outros atributos encantadores que reveste a mulher de 30.


Como se conhece melhor, ela é muito mais autêntica, centrada, certeira no trato consigo mesma e com seu homem. Aos 30, a mulher tem uma relação mais saudável com o próprio corpo e orgulho da sua vagina, das suas carnes sinuosas, do seu cheiro cítrico. Não briga mais com nada disso. Na verdade, ela quer brigar o menos possível. Está interessada em absorver do mundo o que lhe parecer justo e útil, ignorando o que for feio e baixo - astral. Quer é ser feliz. Se o seu homem não gosta dela do jeito que é, que vá procurar outra. Ela só quer quem a mereça.

Aos 30 anos, a mulher sabe se vestir. Domina a arte de valorizar os pontos fortes e disfarçar o que não interessa mostrar. Sabe escolher sapatos e acessórios, tecidos e decotes, maquiagem e corte de cabelo. Gasta mais porque tem mais dinheiro. Mas, sobretudo, gasta melhor. E tem gestos mais delicados e elegantes.


Aos 30, ela carrega um olhar muito mais matador quando interessa matar. E finge indiferença com muito mais competência quando interessa repelir. Ela não é mais bobinha. Não que fique menos inconstante. Mulher que é mulher,se pudesse, não vestiria duas vezes a mesma roupa nem acordaria dois dias seguidos com o mesmo humor. Mas, aos 30 ela,já sabe lidar melhor com esse aspecto peculiar da sua condição feminina. E poupa (exceto quando não quer) o seu homem desses altos e baixos hormonais que aos 20 a atingiam e quem mais estivesse por perto, irremediavelmente.

Aos 20, a mulher tem espinhas. Aos 30, tem pintas, encantadoras trilhas de pintas, que só sabem mesmo onde terminam uns poucos e sortudos escolhidos.

Sim, aos 20 a mulher é escolhida. Aos 30, é ela quem escolhe. E não veste mais calcinhas que não lhe favorecem. Só usa lingeries com altíssimo poder de fogo. Também aprende a se perfumar na dose certa, com a fragrância exata.


A mulher de 30, mais do que aos 20, cheira bem, dá gosto de olhar, captura os sentidos, provoca fome. Aos 30, ela é mais natural, sábia e serena. Menos ansiosa, menos estabanada. Até seus dentes parecem mais claros; seus lábios, mais reluzentes; sua saliva, mais potável. E o brilho da pele não é a oleosidade dos 20 anos, mas pura luminosidade.


Aos 20 ela rói as unhas. Aos 30, constrói para si mãos plásticas e perfeitas. Ainda desenvolve um toque ao mesmo tempo firme e suave. Ocorre algo parecido com os pés, que atingem uma exatidão estética insuperável. Acontece alguma coisa também com os cílios, o desenho das sobrancelhas, o jeito de olhar. Fica tudo mais glamouroso, mais sexualmente arguto.


Aos 30, quando ousa, no que quer que seja, a mulher costuma acertar em cheio. No jogo com os homens já aprendeu a atuar no contra - ataque. Quando dá o bote é para liquidar a fatura. Ela sabe dominar seu parceiro sem que ele se sinta dominado. Mostra a sua força na hora certa e de forma sutil.

Não para exibir poder, mas para resolver tudo ao seu favor antes de chegar ao ponto de precisar exibi-lo. Consegue o que pretende sem confrontos inúteis. Sabiamente, goza das prerrogativas da condição feminina sem engolir sapos supostamente decorrentes do fato de ser mulher.


Silvia Zamar


sábado, 6 de dezembro de 2008

chorar p quê? a vida é tão breve....

Dia do Aniversário do meu pai...
Dia do aniversário de uma amiga especial....mais q especial até!

Me dei conta de como passa rápido
dia desses fiz 15 primaveras e no ano que vem viro uma balzaquiana...

n q isso me deixe deprê ao ponto de ignorar minha dieta e comer barras e barras de chocolate... acho até que gosto da idéia...

poderia dizer mil e um motivos p gostar disso, mas n cabeiria aqui, rsrsrsrs!



Feliz dia... Papai e Paty :*****

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Almas Perfumadas

Tem gente que tem cheiro de passarinho
quando canta
De sol quando acorda
De flor que ri.


Ao lado delas,
a gente se sente no balanço de uma rede
que dança gostoso numa tarde grande,

sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas,
a gente se sente c
omendo pipoca na praça,
Lambuzando o queixo de sorvete.
Melando os dedos no algodão doce
da cor mais doce que tem para escolher.

O tempo é outro
E a vida fica com a cara que ela tem de verdade
mas que a gente desaprende de ver.


Tem gente que tem cheiro de colo de Deus
De banho de mar quando a água
é quente e o céu é azul

Ao lado delas,
a gente sabe que os anjos existem
e que alguns são invisíveis.

Ao lado delas,
a gente se sente chegando em casa
e trocando o salto pelo chinelo.
Sonhando a maior tolice do mundo com o
gozo de quem não liga pra isso.

Ao lado delas,
pode ser Abril, mas parece manhã de Natal
do tempo em que a gente acordava e
encontrava o presente de Papai Noel,

Tem gente que tem cheiro de estrelas
que Deus acendeu no céu e daquelas
que conseguimos acender na Terra.

Ao lado delas,
a gente não acha que o amor é possível
a gente tem certeza,


Ao lado delas,
a gente se sente visitando
um lugar feito de alegria.

Recebendo um buquê de carinhos.
Abraçando um filhote de urso panda.
Tocando com os olhos os olhos da paz.

Ao lado delas,
saboreamos a delícia do toque suave
que sua presença sopra no nosso coração.

Tem gente que tem cheiro de cafuné sem pressa.
Do brinquedo que a gente não largava.
Do acalanto que o silêncio canta
Do passeio no jardim.

Ao lado delas,a gente percebe que a sensualidade
é um perfume que vem de dentro
e que a atracção que realmente nos move
não passa só pelo corpo.
Corre em outras veias.
Pulsa em outro lugar.

Ao lado delas
a gente lembra que no instante
em que sorrimos Deus está connosco,
juntinho ao nosso lado.
E a gente ri grande que nem
menino arteiro.”

(Carlos Bsb)


Poesia Linda... quando vi lembrei da minha Lindsen e completei:



A Lindsen é assim: ela perfuma muitas vidas e a minha é uma delas.

E o perfume é tão gostoso, tão claro, tão delicado que se fixa no coração de todos os que ela ama.

Eu sinto todos os dias os vestígios desse perfume que Deus vestiu de Lindsen para me falar de amor.


segunda-feira, 28 de julho de 2008

pessoas...

Acho incrível a capacidade que o ser humano tem de se adaptar a situações diversas...

Além ....

De ver as coisas apenas pelo lado que o favorece;
De viver uma vida medíocre por pura acomodação;
De perder tempo com coisas supérfluas, que justamente por isso passam a ser necessárias e até vitais;
De ver problemas onde não existem e se lamentar por isso;
De não ver coisas que estão bem de baixo do nariz;
De muitas vezes não valorizar só pq está demasiadamente acessível;
De desejar o q não é possível e mover céu e terra em prol desse desejo;
De falar palavras duras em momentos de ira;
De pedir desculpas achando q a pessoa tem que aceitar só pq vc se arrependeu;
De se achar no direito de não perdoar pq vc está ferido;
De achar que a sua dor é maior que a dor dos outros e só por isso dói +;
De achar que tem o direito de opinar sobre a vida de alguma pessoa, sem que ela lhe dê autonomia p isso;
De criticar atitudes de alguém que não lhe perguntou nada e não está presente pra se defender;
De julgar alguém só pela aparência;
De minar a esperança de alguém;

etc. etc. etc.


Mas acho que não tem nada pior do que amar alguém que não te compreende e talvez nem ame vc!

Brabo isso....

mas um banho frio e um dia após esse fazem as coisas melhorarem...

sempre!

segunda-feira, 9 de junho de 2008

coisas novas.... mudanças

Tenho medo de mudanças...
acho meio difícil adaptar-se ao novo
mas também acho q quando as coisas estão bem ruins n dá p ficar pior...
então a saída (sem opção) é mudar, visto q não dá p ficar do jeito que está....

era assim q estava meus dias...
iguais, parecendo que segunda era quarta e que domingo era terça.... rotina pura
Viver no marasmo é sobreviver...
preciso de emoção p sentir meu sangue correr nas veias!

largar uma segurança p abraçar o novo dá um frio na barriga...

mas te abre um mar de emoções que podem te devolver o riso, o prazer d viver!
é isso que eu queria mas n tinha coragem de admitir e perseguir...
mas antes tarde do que nunca, agora é minha vez!

hj é meu dia D...
De amar

De ser feliz

De quebrar a cara, já q sem isso n crescemos

De fazer amigos, n importa se são leais ou n, visto q hj em dia isso tá difícil

já fico satisfeita se me fizerem rir e escutarem as asneiras q falo vez por outra, rsrsrsrs

D quem sabe achar alguém p chamar de "meu"



.... mas isso é uma outra história e d praxe n vai ser agora.... noutra hora, quem sabe ;)

Pra borboleta pousar no jardim, é preciso cuidar dele primeiro!!!


segunda-feira, 5 de maio de 2008

Perdas....


Não sei lidar com perdas... pessoas,objetos ou qq coisa q seja! perder dói muito... deveríamos viver p só ganhar! besteira, se houvessem só vitórias n daríamos muito valor a elas, pois seria corriqueiro e habitual conviver com elas! mas, ver pessoas jovens, com uma vida toda pela frente, partindo n é nada habitual e me motiva muito...

Espero q onde vcs estejam...
Estejam serenos e felizes, nos braços do Pai!

Os Bons Morrem Jovens
(Legião Urbana)

É tão estranho
Os bons morrem jovens
Assim parece ser
Quando me lembro de você
Que acabou indo embora
Cedo demais

Quando eu lhe dizia
Me apaixono todo dia
É sempre a pessoa errada
Você sorriu e disse
Eu gosto de você também
Só que você foi embora...
Cedo demais!

Eu continuo aqui
Meu trabalho e meus amigos
E me lembro de você
Em dias assim
Dia de chuva
Dia de sol
E o que sinto não sei dizer...

Vai com os anjos
Vai em paz
Era assim todo dia de tarde
A descoberta da amizade
Até a próxima vez...

É tão estranho
Os bons morrem antes
Me lembro de você
E de tanta gente que se foi
Cedo demais!
E cedo demais...

Eu aprendi a ter
Tudo o que sempre quis
Só não aprendi a perder
E eu que tive um começo feliz...
Do resto não sei dizer

Lembro das tardes que passamos juntos
Não é sempre mais eu sei
Que você está bem agora
Só que neste mundo
O verão acabou.

Cedo demais!

quarta-feira, 30 de abril de 2008

reinventando as tormentas.... pintando o céu de colorido

Um bom tempo sem postar, mas nesse período aconteceram muitas coisas, umas boas outras nem tão boas assim... p falar a verdade a maioria foi ruim...
Mas vejo q quanto mais reclamamos parece q o ciclo n se fecha... e tende a demorar que venha a fase boa...

No decorrer dos dias enfrentamos muitas barras: injustiça, discriminação, maldade e uma série de sentimentos q seriam bem melhor se não existissem, mas existem, n dá p aparar a chuva com a peneira ou pintar um lindo arco íris em um céu cinzento ( a não ser na foto), mas acredito q podemos reiventar essas adversidades e dar a elas uma nova interpretação....que nos traga a esperança de que dias melhores virão...

devemos esperar o tempo de Deus, q nem sempre é igual ao nosso tempo, somos imediatista demais...

Li esse texto no orkut de uma amiga... e tem td a ver com o que acabei de comentar:

Pedi força e vigor e Deus me mandou dificuldade para me fazer forte.

Pedi sabedoria, e Deus me deu problemas para eu resolver.

Pedi prosperidade e Deus me deu energia e cérebro para trabalhar.

Pedi coragem e Deus me mandou situações perigosas para superar.

Pedi amor e Deus me mandou pessoas com problemas para eu ajudar.

Pedi favores e Deus me deu oportunidades.
Não recebi nada do que queria, mas recebi tudo que precisava.
Minhas preces foram atendidas...

Até +
:********

quinta-feira, 10 de abril de 2008

primeiro post


Já faz um bom tempo q eu dei uma trégua p blogs, orkut e msn... quer dizer, n foi bem uma trégua, posso dizer q deixei de ser escrava do PC e desses instrumentos de comunicação... comecei a querer me "desligar" vez em quando.... Isso inclui celular, PC, tel de cs e até mesmo, quando o stress está extremo, de "amigos" e namorado.... o bom mesmo é saber q mesmo nessa atitude extrema, algo se salva... e é sempre o mais importante: nós mesmos e o nossa saúde mental, afinal como dá p ser feliz ou ter sequer contato c a felicidade no meio de tanta tensão? p mim n rola... acredito q p vc tb n... bom, no momento estou "ligada" na minha vida e na minha felicidade.... a busca incansável de td ser humano.